História em quadrinhos sobre o Folclore Brasileiro!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Feliz Natal!


Olá pessoal, nesses dias estou com acesso restrito a internet, mas gostaria de agradecer a todos que visitam o blog e as pessoas que tem deixado recados! Compartilho aqui um cartão que recebi de uns amigos e estendo os votos a todos... 
Feliz Natal e um bom ano que chega!

André Ricardo C. Pereira

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Episódio IX


Página 1

Página 2

Página 3
Página 4

Página 5


Chegou agora?


Emanuel da Silva, o Chefia, é um professor universitário especialista nos mitos e lendas brasileiras. Dono de um caráter muito generoso ele anda por todos os cantos do Brasil ajudando os necessitados de diversas maneiras. Para auxiliá-lo, possui um trunfo muito especial. Um saci que capturou há muito tempo devido aos conselhos de seu velho e sábio pai. 

A dupla enfrenta desde situações mundanas como um ladrão de velhinhas, até entidades folclóricas como o Homem do Saco, sempre com muito  bom humor. As coisas começam a complicar quando a Cuca descobre que um Saci foi adestrado por um humano. Intrigada a Senhora do Medo decide  investigar...

LEIA NA ORDEM



quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Preview Episódio IX


Olá pessoal! 

Essa é uma palinha do próximo episódio! Fui meio preguiçoso pra desenhar e confesso que não caprichei muito na colorização... Mas até o dia do lançamento vou aprimorando... vocês já me conhecem, né? Minha arte é assim mesmo, o importante é a mensagem...rs

Abraços!

Chegou agora? 

Os Folcloristas é uma história de magia, fantasia e aventura que se passa no Brasil nos dias atuais. Os personagens principais são a dupla Chefia e Saci que andam por diversos Estados ajudando os necessitados. Em suas aventuras eles se deparam com várias criaturas do Folclore Brasileiro e com a rica cultura desse imenso País.





segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Episódio VIII

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4

Página 5

Página 6




Olá pessoal, espero que tenham gostado do novo episódio! Depois dessa aventura, minha consideração por todos os desenhistas que atuam profissionalmente cresceu bastante, e olha que ela já era alta...rs


No próximo episódio teremos a estreia de um novo personagem o Pai Velho da Bahia, que vai contar como nascem os monstros e um pouco sobre o passado secreto da Cuca... Vejo vocês lá...


Abraços!!!


Chegou agora? 

Os Folcloristas é uma história de magia, fantasia e aventura que se passa no Brasil nos dias atuais. Os personagens principais são a dupla Chefia e Saci que andam por diversos Estados ajudando os necessitados. Em suas aventuras eles se deparam com várias criaturas do Folclore Brasileiro e com a rica cultura desse imenso País.


segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Dia do Saci 31 de Outubro

Olá pessoal, hoje dia 31 de outubro é o dia do Saci. O dia do Saci surgiu como uma homenagem ao folclore e a cultura brasileira e também como um protesto contra a importação e supervalorização da cultura estrangeira, especialmente a cultura americana, por conta do Halloween.
Eu pretendia botar no ar o novo episódio e também uma imagem comemorativa, infelizmente "a bruxa" estava solta, e meu computador quebrou...
Mas pra não deixar em branco está data tão importante, resolvi postar essas poucas linhas em outro PC... Se tudo correr bem, até semana que vem posto o novo episódio, mas caso o PC tenha que ser formatado, vai demorar um pouquinho mais...

De qualquer forma, obrigado pelas visitas e Feliz dia do Saci!


quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Preview do Episódio VIII

Olá amigos, ai vai uma página do próximo episódio!


Comentem, opinem, divulguem! Muito obrigado pelas visitas e pelos comentários! 


Chegou agora? 

Os Folcloristas é uma história de magia, fantasia e aventura que se passa no Brasil nos dias atuais. Os personagens principais são a dupla Chefia e Saci que andam por diversos Estados ajudando os necessitados. Em suas aventuras eles se deparam com várias criaturas do Folclore Brasileiro e com a rica cultura desse imenso País.


terça-feira, 27 de setembro de 2011

Episódio VII

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4
No próximo episódio teremos a espetacular conclusão desse combate! Não Perca!

Chegou agora? 


Os Folcloristas é uma história de magia, fantasia e aventura que se passa no Brasil nos dias atuais. Os personagens principais são a dupla Chefia e Saci que andam por diversos Estados ajudando os necessitados. Em suas aventuras eles se deparam com várias criaturas do Folclore Brasileiro e com a rica cultura desse imenso País.


sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Com o Ligthbox ficou mais fácil curtir a webcomics



Olá Pessoal,


O Blogger está com uma nova ferramenta chamada Ligthbox. Agora não é mais necessário usar a barra de rolagem para ler toda a HQ, basta clicar em qualquer página. Uma vez que uma página é aberta no lightbox, quaisquer outras páginas do mesmo episódio aparecem como miniaturas na parte inferior, o que pode ser facilmente visualizado clicando as teclas de seta no lado esquerdo ou direito do lightbox. Este recurso é ativado automaticamente para todos os blogs, o que significa que você pode ver o lightbox em ação agora.


O que está esperando? É só clicar em um dos episódios e testar a novidade.


Atualização: A Ferramenta está passando por ajustes técnicos por tempo indeterminado.O Blogger espera disponibiliza-la  no menor tempo possível.


Atualização 13/10/2011: A ferramenta voltou a funcionar. Aproveitem!!!



quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Preview do Episódio VII


Estou indo passear lá pros lados de Minas Gerais! Quando voltar pego firme no Episódio VII (e tento caprichar melhor nas cores, não sou muito bom com cores...rs)

Abraços

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Episódio VI

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4

A Fonética, ou Fonologia, estuda os sons emitidos pelo ser humano, para efetivar a comunicação. Em outras palavras, é o ramo da lingüística que estuda os sons emitidos pela fala humana.

Decidi escrever um pouco sobre a fonética dos monstros para preencher esse restinho de espaço. Geralmente criaturas mágicas não têm corpos físicos, a maioria só tem o corpo espiritual, e algumas raras possuem um corpo astral. Quando essas criaturas se comunicam com os humanos, costumam faze-lo telepaticamente, sendo assim, elas utilizam-se do vocabulário que o receptor possui, muitas vezes, nesse contato, não é nem necessário o uso de palavras, apenas de imagens. Então, podemos supor que nesse tipo de comunicação, não existe a emissão de som (ao menos, o conceito cientifico de som).

Os monstros da história usam outro método (mais detalhes nos próximos capítulos). Eles produzem som, e se comunicam como os humanos. O Gorjala sofre de Loquacidade Desvairada, é a popular tagarelice, falar em excesso ou/e desordenadamente, sem dar tempo para os ouvidos escutarem e a mente refletir sobre os assuntos, o que geralmente causa confusão mental. Esse defeito foi associado pelo sábio São Tomás de Aquino a Gula, e como o Gorjala é um glutão, ele fala uma palavra atrás da outra.

A Cuca costuma sibilar. Isso é, produz um som agudo e prolongado quando diz palavras que soam como a letra S. Felizmente ela tem algum controle sobre esse probleminha, e só se entrega ao habito quando está zangada ou empolgada com alguma coisa. Mas isso faz com que eu coloque uma porção de S e Z onde eles não existem, toda vez que ela aparece na história...

Abraços!

Episódio VII: Nos tentáculos da Gula


domingo, 21 de agosto de 2011

Dia do Folclore Nacional

Saci, Cuca, Homem do Saco e Boitatá no alto.



Segundo a UNESCO folclore é sinônimo de cultura popular e representa a identidade social de uma comunidade através de suas criações culturais, coletivas ou individuais. O termo surgiu em 1846 e foi criado por Ambrose Merton (aka Willian John Thoms) para se referir a tradição de um povo.

O conceito de Tradição é bem mais antigo do que nossa civilização. Em todas as eras, em todas as civilizações e em todas as culturas, podemos encontrar conhecimentos que eram passados de geração para geração, primeiro gestualmente, depois oralmente e por fim de maneira escrita. Esse conhecimento era o mais abrangente possível e envolvia (envolve) todos os aspectos da vida mundana e espiritual da sociedade.

No Brasil, o Congresso Nacional oficializou em 1965 o dia 22 de agosto como sendo o Dia do Folclore Nacional. Nesta data são valorizadas e praticadas danças, brincadeiras, culinárias e festas folclóricas por todo o país.

Bem, na verdade, essas coisas são feitas o ano todo, mas essa é uma data simbólica para preservar nossa memória cultural (e para os jovens fazerem pesquisas, trabalhos e apresentações, destacando os contos folclóricos e seus principais personagens, o que deve  ter trazido a maioria até esse blog)

Você deve estar se perguntando sobre as criaturas místicas. Afinal, essa é data que todos buscam informações sobre o Saci, o Homem do Saco, a Cuca, o Boitatá e etc...

Você encontra algumas informações do Saci aqui:


Um pouquinho dos homens do saco aqui:


nota: Existem vários Homens do Saco, eles não formam uma espécie, nem se quer um grupo, podem agir sozinhos ou em bandos, já foram associados (por preconceito)  a mendigos,ciganos, palhaços e até com o Bicho Papão... Mas na verdade eles são bem reais e podem ser qualquer pessoa,  independente da aparência. Por isso, é sempre bom ouvir os conselhos da vovó quando ela diz: “nunca aceite doce de estranhos”.

De alguns dos poderes da Cuca aqui:


Na webcomics associei o Boitatá as Salamandras que são os elementais do fogo. Você pode ver o resultado aqui:


Nota: Segundo a tribo Mawé o Boitatá é uma “Visage” de beira de rio que parece um fogo flutuando sobre as águas, os profanos o chamam de fogo fátuo e na língua geral dos índios é conhecido como Ariá-Wató.

Escreverei mais detalhes sobre isto, assim como dos demais seres mágicos do Brasil nos próximos episódios. Se precisar de alguma informação mais detalhada sobre alguma criatura, tenho estudado e colhido muitos relatos sobre o assunto, deixe um recado que responderei o mais rápido possível.

Espero vocês de volta!

Abraços e Feliz Dia do Folclore!

Bibliografia:

Até hoje o mundo indígena sempre foi relatado por estudiosos. Neste livro você conhecerá os preceitos e os conhecimentos de uma religião tradicional indígena em sua mais pura essência, desvendados por Yaguarê Yamã, um índio pesquisador que nasceu e vive na selva Amazônica.

·                                 Editora: Ibrasa
·                                 Autor: YAGUARE YAMA
·                                 ISBN: 8534802491
·                                 Origem: Nacional
·                                 Ano: 2004
·                                 Edição: 1
·                                 Número de páginas: 128

sábado, 6 de agosto de 2011

Descrição dos personagens I



Chefia é um cara boa praça, está sempre calmo e tranqüilo, inclusive nos momentos mais difíceis. Costuma ser amável e prestativo, ajudando todos que precisam. Porém, não se engane, ele nunca faz o tipo subserviente, e jamais se rebaixa a ninguém. Seu nome verdadeiro é Emanuel da Silva, mas apenas seu pai o chama assim.
Ele é um professor universitário especializado em mitos e lendas brasileiras. Com seu conhecimento e auxiliado pela sabedoria de seu velho pai ele capturou um Saci e passa a usá-lo para ajudar o próximo.


Saci: Na verdade, Saci é uma raça de seres mágicos (elementais da terra), semelhante aos gnomos e os duendes, mas com suas particularidades. Podem manipular a matéria em seu nível mais sutil. Entre a imensa gama de poderes que possuem, está à capacidade de entender os outros seres da floresta, o controle dos elementos, o dom de realizar desejos e o conhecimento das plantas e dos minerais. O Saci da história ainda não tem controle de todas essas capacidades, mas possui uma diferença que o torna singular. Embora os Sacis vivam aproximadamente 77 anos no plano físico, este já tem mais de 100!!! Seu verdadeiro nome é Oru.


Visual

Os personagens principais de Os Folcloristas são a dupla Chefia e Saci (Na verdade, esses são apenas seus CODINOMES). O visual do Chefia (o ser humano da imagem) é uma homenagem ao Sihing Juliano, meu instrutor de Kung Fu. Chefia é formado em História, com ênfase em mitos, lendas e cultura do Brasil. Além disso, ele é versado nos caminhos da magia (o que facilita muito sua vida ao enfrentar criaturas sobrenaturais), e é especialista na evocação e invocação de entidades astrais e espirituais.

A principio, a intenção do visual do Saci era fazê-lo como uma espécie de duende com braços muito longos. Mas depois, conversei com um amigo que alega ter visto um saci e ele me disse que eles se parecem com sombras vivas... Então aproveitei essa idéia, e o Saci da história varia de tamanho e forma dependendo da luz (o que me facilita a vida uma vez que não consigo desenhar a mesma coisa duas vezes seguida).

Para desenhar a série mensalmente, eu simplifiquei (e bastante) o traço, deixando eles com a aparência bem tosca (imaginei que seria melhor, o nível do desenho aumentar no decorrer da série, do que o contrário).

Eu não sei nada sobre coloração, tecnologias e essas coisas, consegui colorir o desenho a cima, graças aos tutoriais do Milton Kennedy, que me possibilitaram entender pelo menos o básico do GIMP. Entra no site dele que vale a pena:


Abraço Fraternal a todos que me acompanham!!!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Episódio V

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4
Esse episódio foi baseado numa das fábulas de Esopo, segue uma das versões dessa fábula:


A RAPOSA E O LENHADOR - Esopo
Uma raposa era perseguida por uns caçadores, quando viu um lenhador e suplicou que ele a escondesse. O homem então lhe aconselhou que entrasse em sua cabana.
De imediato chegaram os caçadores, e perguntaram ao lenhador se havia visto a raposa. 
Com a voz ele disse que não, mas com sua mão disfarçadamente mostrava onde havia se escondido. Os caçadores não compreenderam os sinais da mão e se confiaram no que disse com as palavras. 
A raposa, ao vê-los irem, saiu sem dizer nada. 
O lenhador a reprovou porque, apesar de tê-la salvo, não agradecera, ao que a raposa respondeu:
- Agradeceria se tuas mãos e tua boca tivessem dito o mesmo.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Preview Episódio V

Olá pessoal, já que o site se chama Os Folcloristas, estou preparando material informativo para postar nas próximas semanas, serão mais detalhes sobre os mitos, as lendas e as culturas nas quais me inspiro! Também venho trabalhando no Episódio V, uma história da origem do Saci inspirada numa das fábulas de Esopo. Por enquanto vou postar um Preview:



Abraços!!!


terça-feira, 7 de junho de 2011

Episódio IV

Página 1

Página 2

Página 3

Página 4

Página 5








É preciso não esquecer nada:
nem a torneira aberta nem o fogo aceso,
nem o sorriso para os infelizes
nem a oração de cada instante.


É preciso não esquecer de ver a nova borboleta
nem o céu de sempre.


O que é preciso é esquecer o nosso rosto,
o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso.


O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos,
a idéia de recompensa e de glória.


O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
vigiados pelos próprios olhos
severos conosco, pois o resto não nos pertence



Cecília Meireles


Episódio V: Raíz